1. Qual a diferença entre A-A e N-A?

    O A-A reconhece a existência apenas de uma doença presumivelmente chamada de alcoolismo.Para a irmandade, tratar do alcoolismo é o bastante.
    á o N-A reconhece a existência de uma doença chamada dependência química, que, entre outros sintomas, apresenta o do uso abusivo de drogas!

    – Aí incluída a droga lícita (álcool) e as ilícitas (maconha, cocaína, etc). Importante frisar que NA considera droga até o tranquilizante – desde que sob uso abusivo e sem motivação médica comprovada. Para o NA, a dependência química tem outros sintomas – o mais comprovado é o desvio de caráter.

    2. o que é a dependência química (adicção)?

    “É uma doença com raízes mental (obsessão) e física (compulsão). Atua em todas as áreas (física, mental e espiritual) do indivíduo”
    A dependência química/adicção é progressiva, incurável e de determinação fatal. Progride mesmo quando o dependente químico/adicto não está “na ativa”- ou seja, quando não está usando drogas.

    O dependente químico/adicto em recuperação consegue apenas estacionar a doença, nunca curá-la. E a doença mata degradando – acidentes de carro, suicídios, assassinatos. Quem não morre tem como outros destinos a prisões ou o hospício.

    3. A dependência química/adicção é adquirida ou hereditária?

    Nenhum estudo conseguiu comprovar a origem da doença. Há pouco tempo, um pregador brasileiro declarou sua satisfação de ter recebido uma educação evangélica – que, segundo ele, evitou seu envolvimento com drogas. É um grave equívoco, nos centros de recuperação existem dezenas de filhos e filhas de pastores que, apesar da educação severa, envolveram-se com drogas por causa da doença.
    Assim como existem milhares de lares desajustados onde, apesar de todo o sofrimento, não existem dependentes químicos/adictos.

    4. o que são os 12 Passos?

    As quatro irmandades paralelas aplicam uma terapia chamada de Programação dos 12 Passos. O dependente/adicto pratica cada um dos passos, um por um ou paralelamente, conseguindo ficar limpo (sem usar drogas) um dia de cada vez. Na Programação de 12 Passos, o dependente químico/adicto assume consigo mesmo o compromisso de ficar sem drogas apenas 24 horas de cada vez. Não existe passado ou futuro. Só o hoje. Um dos slogans mais conhecidos é “só por hoje nunca mais”.

    5. Quem dirige A-A e N-A?

    Ninguém. São as únicas organizações com estrutura administrativa baseada no anarquismo político que realmente deram certo. Não há chefes, nem diretores, nem gerentes. Quem manda é a consciência coletiva – um colegiado com todos os membros – e, acima dela, Deus. Para ser membro de AA ou Na basta querer parar de usar. Não precisa dar nome, endereço, nada. Não existem fichas ou cadastros. Ninguém fala em nome das irmandades. Qualquer posição é pessoal.

    6. Qual a religião de A-A e N-A?

    Não existe. As irmandades são espirituais, mas não religiosas. Os 12 passos falam de um Deus, mas “da forma como o adicto o compreende”.
    Para evitar debates teológicos ou até mesmo fundamentalistas, as irmandades chamam Deus de “Poder Superior”. Mas o segundo, o terceiro e o quarto passos recomendam uma aproximação maior com Deus. A programação deixa claro que sem Deus não existe recuperação.

    7. Todo mundo que usa droga é dependente químico?

    Não. Embora a programação limite-se a cuidar de quem é dependente químico/adicto, a experiência mostra que existem três formas de convívio com a droga:- nenhum convívio.
    A pessoa nunca experimenta a droga ou, depois de experimentar, prefere outros caminhos.”

    “- convívio por vício. O indivíduo tem uma dependência física ou emocional, que consegue deixar depois de um tratamento terapêutico ou mesmo porque resolveu mudar de vida.”